Um centro de informações sobre a Hanseníase.

Missão do Programa

Disseminar informações relevantes sobre a Hanseníase,

de uma forma clara e objetiva

para todas as pessoas.

Blog


Produções


Comunidade


Editorial

por Patrícia Deps


2ª Edição

O tema principal desta edição de novembro é a transmissão da hanseníase. Para além da parte acadêmico-científica, essa edição reuniu entrevistas com militantes de ONGs e movimentos sociais contra o estigma da Hanseníase abordando assuntos que requerem nossa atenção. A hanseníase existe no Brasil há mais de 400 anos, sendo este, até hoje, um país endêmico com um número expressivo de pessoas sofrendo incapacidades pela doença. A transmissão da hanseníase ainda é um tema polêmico e pouco conhecido, e erros do passado como isolar os doentes em hospitais colônias e separar os filhos saudáveis das suas mães foi uma brutalidade. É necessário, para um melhor entendimento da hanseníase e das pessoas afetadas por esta doença, a abordagem interprofissional e, mais recentemente, a compreensão pelo olhar da Saúde Única.

A edição de novembro do Blog possui contribuições diversas de profissionais experientes, dentre eles destacamos o artigo da fisioterapeuta Carmelita Filha Coriolano, Coordenadora Nacional do Programa de Controle da Hanseníase, e do dermatologista Ciro Gomes, Professor da UnB, onde eles discorrem sobre os obstáculos para a eliminação da hanseníase no Brasil. Além do dermatologista Claudio Salgado, Professor da UFPA e Presidente da Sociedade Brasileira de Hansenologia, que faz uma análise sobre a saga da eliminação da hanseníase no Brasil mas também no Mundo.

No nosso canal do YouTube, será possível conferir a entrevista a dermatologista Laila de Laguiche (PR), Presidente da ONG Aliança Contra a Hanseníase, falando de projetos educacionais e sociais para pessoas afetadas pela hanseníase. Uma outra emocionante entrevista com a Psicóloga Karla Dantas sobre as dificuldades de cuidar e ser cuidada. E mais duas entrevistas com veteranas na luta contra a hanseníase no Brasil, a enfermeira Professora Clodis Tavares (AL), e a assistente social Dora Martins Cypreste (ES). Ainda no nosso canal, encontra-se uma aula sobre Imunopatologia da Hanseníase com a biomédica Ana Paula Vieira, Professora da Uniasselvi (SC).

Em perspectiva internacional, o programa foi reconhecido e comentado no World Health Organization's Goodwill Ambassador's Newsletter, em um boletim para eliminação da hanseníase; um artigo Open Access sobre o info Hansen com detalhes do projeto foi publicado no jornal científico PLos Neglected Tropical Diseases e o Programa também foi divulgado por outras instituições e sites do continente europeu, asiático e americano, como as organizações holandesas infoLep e Netherlands Leprosy Relief, a espanhola Fontilles, a japonesa Sasakawa Health Foundation, as parcerias filiadas ao The Global Partnership for Zero Leprosy e muitas outras.

A partir do lançamento da edição, a plataforma terá uma nova sessão dedicada aos direitos humanos. Esta sessão possuirá, entre outras, os relatórios da ONU para Hanseníase, fornecidos especialmente pela Alice Cruz, a relatora especial das Nações Unidas para Hanseníase.


Nossos textos relacionados à temática.



Dúvidas? Comentários? Sugestões?